Você está aqui

Agepen contrata empresa para fornecer alimentos para presídios da Capital

Total do contrato é de R$ 13 milhões

Foto: Cleber Gelio/arquivo Midiamax

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) divulgou, no Diário Oficial desta quinta-feira (4), a contratação de uma empresa que vai fornecer alimento para unidades penais da Capital.

De acordo com a publicação, a empresa Real Food Alimentação Ltda, será responsável pelo ‘Serviços de Preparo e Fornecimento de Alimentação para o sistema prisional no Município de Campo Grande’.

Por R$ 13.153.425,92 (treze milhões e cento e cinquenta e três mil e quatrocentos e vinte e cinco reais e noventa e dois centavos) a empresa vai fornecer alimento aos detentos do Estabelecimento Penal ‘Jair Ferreira de Carvalho’ e do Centro de Triagem ‘Anizio Lima’, ambos na Capital.

O contrato tem validade de 12 meses, e assinado pelo diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves e pelos empresários Anderson Christian Alves de Oliveira e Ederson Christian Alves de Oliveira.

O Jornal Midiamax já havia revelado o resultado da licitação no começo do último mês de novembro, quando a Agepen informou que reduziu o contrato cuja previsão inicial era de R$ 27 milhões.

Por mês, o custo com a alimentação dos presidiários e dos servidores das unidades penais será de quase R$ 1,1 milhão. A empresa deverá fornecer, pelo custo de uma diária, marmitas para o café da manhã, almoço e janta dos detentos.

Tópicos