Você está aqui

Gol capota em cruzamento no Monte Carlo após ‘furar’ Pare e bater em Corsa

Moradores cobram sinalização no local

  • Motorista foi levada para UPA Coronel Antonino (Fotos: Cleber Gelio)
  • Moradores pedem mais sinalização no local

Um acidente entre dois veículos em um cruzamento no Bairro Monte Carlo, no cruzamento das ruas Cassilândia e Jales, próximo ao Clube Estoril, terminou sem vítimas graves, mas com reclamações de moradores da região que cobra mais sinalização nas ruas.

Um motorista de 57 anos, que não quis se identificar, dirigia um VW Gol cinza pela rua Jales sentido bairro, à caminho de sua casa, quando acabou colidindo em um Corsa Sedan, também cinza, conduzido por Fernando Ribeiro Coene, de 27 anos.

“Não prestei atenção no Pare”, disse o motorista à reportagem. Apesar do capotamento, ele não ficou ferido, e já havia acionado o seguro do veículo, bem como batalhão de trânsito da PM.

Já a motorista do Corsa, ficou com escoriações leves e alguns arranhões, e foi levada pelos Bombeiros para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino.

Problemas

“São frequentes batidas de pequeno porte, é um cruzamento mal sinalizado, e Pare no chão está apagado”, contou à reportagem o empresário Jorge Nagy, 67 anos, que considera o local da batida um ‘cruzamento problemático’.

Segundo ele, que mora na região há pelo menos 20 anos, a rua Cassilândia é sempre lotada de carros, diariamente.

O leitor do Jornal Midiamax, Kahue Prieto, também reclamou da falta de sinalização no local do acidente.

“Já foi feito pedido, abaixa assinado, para que não Rua Cassilândia tivesse redutor de velocidade. Animais domésticos morrem toda semana”, relatou.

Os moradores pedem que o local seja melhor sinalizado, além de transformar a Rua Cassilândia em mão única, ou proibir estacionamento em alguns trechos da via. 

Tópicos