Você está aqui

Polícia aguarda laudo para saber se campo-grandense foi assassinado em SP

Pai de jovem foi a Indaiatuba para trazer corpo para Capital

O corpo do jovem campo-grandense Hamilton Kauê Moraes Lima, de 22 anos, foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Indaiatuba, no interior de São Paulo, na manhã desta terça-feira (13), para identificar as causas da morte do rapaz.

O jovem foi encontrado morto no fim da manhã desta segunda-feira (12) no Córrego Barnabé. Um transeunte passava pelo local quando visualizou o corpo e acionou a Guarda Municipal e o Corpo de Bombeiros, que identificaram o rapaz.

Segundo familiares do campo-grandense, o pai de Kauê viaja na manhã desta terça-feira para Indaiatuba para liberar o corpo do jovem. A família pretende fazer o velório e enterro do jovem em Campo Grande.

De acordo com a Delegacia de Polícia Civil de Indaiatuba, somente após a emissão do laudo das causas da morte do rapaz é que as investigações sobre o caso devem ser iniciadas.

O portal de notícias local Comando Notícia afirma que a polícia tem como ponto de partida das investigações uma suposta briga que aconteceu na noite de domingo (11), e que as possibilidades de causa da morte envolvem afogamento e homicídio.

Tópicos