Você está aqui

Ex-presidente da OAB foi agredido e teve dentes quebrados, confirma perícia

Vítima foi carbonizada

Laudos da perícia comprovaram que antes de ser carbonizado, o ex-presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Aquidauana, Severino Alves de Moura, foi agredido e teve dentes quebrados. Exame necroscópico confirmou que a morte foi em decorrência de traumatismo craniano.

De acordo com informações do site O Pantaneiro, perícia apontou que a vítima tinha extensa fratura no crânio com diversos fragmentos ósseos encontrados após a abertura da lesão. A hipótese levantada inicialmente de que o advogado teve dentes quebrados, também foi confirmada.

O caso

O corpo do advogado e ex-presidente da seccional de Aquidauana, Severino Alves de Moura foi encontrado carbonizado na madrugada desta quinta-feira (14), na BR-419, a 14 km do trevo de Anastácio. Moura estava em uma caminhonete com placas de Anastácio que ficou totalmente destruída.

O fogo começou por volta das 22h20 desta quarta-feira (13) e mobilizou o Corpo de Bombeiros de Aquidauana. Quando os militares chegaram ao local, a caminhonete ainda era consumida pelas chamas. O veículo ficou totalmente destruído.

O sobrinho do advogado é apontado como principal suspeito pelo crime. Com ele, a polícia encontrou um galão de gasolina.

 

Tópicos