Você está aqui

Colisão entre navios na China deixa mais de 30 desaparecidos

As causas do acidente ainda são desconhecidas

Um acidente envolvendo dois navios na costa leste da China deixou 32 pessoas, sendo 30 iranianos e dois bengalis, desaparecidas, informou neste domingo (7) o Ministério dos Transportes do país asiático. A colisão ocorreu ontem (6), às 20h (local) entre um petroleiro do Irã registrado no Panamá e um cargueiro de Hong Kong. Todos os desaparecidos estavam na embarcação iraniana, que pegou fogo após o acidente e derramou óleo no mar.

O petroleiro seguia do Irã para a Coreia do Sul quando se envolveu no acidente. O cargueiro tinha 21 tripulantes chineses e todos foram resgatados.

O acidente aconteceu no Mar Oriental da China, a 160 milhas a leste do estuário do rio Yangtsé, perto da cidade chinesa de Xangai, segundo a agência oficial de notícias Xinhua.

De acordo com o governo chinês, uma operação de busca está sendo realizada na região. A guarda costeira sul-coreana também enviou um navio e um avião para ajudar nos trabalhos de resgate. As causas do acidente ainda são desconhecidas.

Terra/WT
Tópicos