Você está aqui

Por trás da rifa de Josiane, está o sonho do emprego com carteira assinada

Mãe de três meninas, jovem quer custear curso com dinheiro da rifa

  • Josiane que custear curso profisisonal com dinheiro da rifa para realizar sonho de ter emprego (Arquivo pessoal)

Uma panela elétrica com capacidade de 10 xícaras, e que serve para fazer arroz, risotos e muito mais. Custa cerca de R$ 120 nas lojas ou, se você confiar na sorte, sai por R$ 5 se você ganhar a rifa de Josiane de Jesus França, de 25 anos. Mãe de três filhas, a rifa foi a saída que a dona de casa encontrou para buscar qualificação profissional e realizar o sonho de ter um emprego com carteira assinada.

"Fui na loja e parcelei no cartão do meu marido. Já consegui cerca de R$ 200 com a venda, mas eu vou sortear assim que conseguir cobrir todos os custos", explica Josiane, que é mãe de Sophia Emanuele, de um ano de 8 meses; Maria Gabriele, de 4 anos; e de Ana Beatriz, de 6 anos.

O curso, no caso, é de vigilante que dura cerca de 20 dias. Segundo a jovem, a ansiedade para efetuar a qualificação ganhou corpo quando alguns parentes da família de seu esposo fizeram o curso e logo na sequência conseguiram emprego.

"É o meu sonho, sim. Desde que ouvi falar, já tive vontade de trabalhar como segurança. Fui criando expectativa de fazer e de conseguir um emprego fixo, registrado. Essa é a minha vontade, conseguir um emprego. Seria tudo! Eu teria meus direitos trabalhistas e um pouco mais de dinheiro. Como eu tenho filhas, isso ajuda ria muito com as despesas deles", conta Josiane.

Vencer na vida em 2018

Josiane e as filhas - sonho de uma vida melhor (Arquivo pessoal)​Ela também conta que recebeu todo o apoio do marido, com quem está há quatro anos e que atua como pedreiro em construção civil. "Ele que me incentivou, porque as meninas já estão maiores. 2017 foi um ano difícil, não consegui emprego, então com a qualificação eu tenho certeza que consigo. A gente também mora de aluguel, então seria bom demais", relata.

A formação de vigilantes custa R$ 580,00, referentes a 20 dias de aulas teóricas e práticas. Como custos, também há uma taxa de R$ 50, referentes a exames psicológicos e de admissão. Josiane também quer investir mais três dias e R$ 200,00 adicionais para sair com mais uma certificação, a de supervisor de vigilantes.

"Vou poder trabalhar como vigilante em banco, no INSS, na Caixa Econômica, em qualquer lugar, igual homem. Qualquer lugar que homem trabalha o homem, a vigilante também vai poder trabalhar", explica Josiane. "Essa rifa, na verdade, é a porta de entrada do meu sonho de ter um emprego, de ter uma vida melhor. Eu espero que este novo ano me traga boas oportunidades, mas estou fazendo minha parte também", conclui.

Tópicos