Você está aqui

Vento forte embala fogo e incêndio já atinge 20 mil hectares em parque de MS

Equipes vão sobrevoar a área

​Equipes do Corpo de Bombeiros de quatro municípios de Mato Grosso do Sul continuam o trabalho de combate ao incêndio no Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema. A estimativa é de que até a manhã desta terça-feira (17) o fogo já atingiu 20 mil hectares, porém, a área afetada pode ser ainda maior. 

Conforme informações do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), o parque  tem mais de 73 mil hectares e está localizado na Bacia do Rio Paraná e sua extensão abrange as cidades de Jateí, Naviraí e Taquarussu. 

De acordo com o tenente-coronel Waldemir Moreira Júnior, chefe do Centro de Proteção Ambiental do Corpo de Bombeiros Militar, ainda não é possível saber com precisão a área afetada e as equipes devem sobrevoar o local para verificar as proporções do incêndio. 

"Somente no sobrevoo teremos o perímetro do fogo e poderemos calcular a área queimada. As equipes no local estimam cerca de 20 mil hectares queimados, mas o fogo continua com ventos fortes na área", relata. 

Segundo o tenente-coronel, um raio que caiu na última sexta-feira (13) iniciou o incêndio no local.

Houve informações de que o fogo foi extinto após uma chuva no sábado (14), no entanto, na madrugada dessa segunda-feira (16), oficiais de Fátima do Sul, Naviraí, Ivinhema e Nova Andradina, foram acionados para combater as chamas.

Moreira observa que o parque fica em uma área de difícil acesso e a vegetação seca contribuiu para que as chamas se alastrassem. "A vegetação queima por cima da água. É um local de muito difícil acesso, não tem estradas que permitam chegar no incêndio", explica. 

Ao todo, 10 pessoas estão envolvidas no combate às chamas, sendo 9 bombeiros e o guarda-parque e, até o momento, não foi possível conseguir uma aeronave para o trabalho de sobrevoou da área. 

Tópicos