Você está aqui

Árvores caíram durante chuva com ventos de 30 km/h em Campo Grande

Pelo menos três árvores caíram sobre carros

A quantidade de árvores que caíram em Campo Grande na tarde desta quarta-feira (11), durante pancada de chuva de pouco mais de 15 minutos surpreendeu muitos campo-grandenses. A situação é resultado de rajadas de ventos que superaram os 30 km/h.

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), por volta das 15 horas o vento chegou a 31 km/h. A previsão era de chuvas isoladas para a cidade, mas o vendaval não era esperado pela meteorologia.

Informações preliminares do Corpo de Bombeiros revelam que pelos 20 chamados chegaram à central durante a chuva que durou poucos minutos. Pelo menos 8 árvores caíram na cidade, três delas sobre carros.

Conforme o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a previsão é de uma quinta-feira de feriado com chuva em algumas regiões da cidade. A temperatura, no entanto, segue elevada. A máxima esperada na cidade deve ser de 35ºC.

As quedas

No bairro Campo Nobre, na Rua Adete Souza Inagaray, uma árvore caiu com a força do vento e acabou levando um poste. Ambos caíram sobre um Volkswagen Gol branco. Não havia ninguém no veículo.

Proprietário do carro, Rodrigo Linzmeier, de 34 anos, conta que estava no bairro para visitar um primo. Assim que a chuva que durou pouco mais de 10 minutos começou, um forte estrondo da queda da árvore assustou a família que estava na residência.

A queda da planta e do poste fez com que pelo menos cinco casas ficassem sem energia. Equipes da Energisa são esperadas no local para a troca do poste e manutenção da rede elétrica.

Situação parecida, que também deu prejuízo a proprietário, ocorreu no bairro Antônio Vendas. Na Rua Caetano Rosa uma árvore caiu sobre um HB20, e também não houve feridos. Por lá, falta de energia é registrada em algumas residências.

A terceira queda de árvore sobre carro foi registrada na Rua Sofia Melke, no Jardim Autonomista. Árvore de grande porte atingiu um Mitsubishi ASX. Dono do veículo, André Kayano, de 19 anos, conta que não mora na cidade e veio a Campo Grande para visitar parentes. Minutos depois de sair do carro com a família, ocorreu a queda da árvore. Ninguém se feriu.

Outra queda de árvore, das oito registradas pelo Corpo de Bombeiros nesta tarde, aconteceu na Rua Spipe Calarge, quase esquina com a Quintino Bocaiúva. Por lá, também houve queda de fiação e falta de luz. Equipes da Energisa já trabalham para restabelecimento da energia na região.

Também houve registro de queda de árvore na Rua Gabriel Cardoso Ramalho, no bairro Guanandi. No local, árvore atingiu parte de uma residência, que será vistoriada por equipes da Defesa Civil. Bombeiros foram até o local, mas ninguém se feriu.

Outra situação inusitada também foi provocada pela chuva. Na Rua Antônio Oliveira Lima, no bairro Itanhangá Park, um curto-circuito na rede elétria provocou incêndio em uma árvore, que também caiu. Em razão da chuva, as chamas foram contidas e não se alastraram.

 

Tópicos